sexta-feira, 10 de julho de 2009

Batido de Frutos de Caroço.

A estreia da cozinha da maison nova – desta vez só minha! Pelo menos até o pessoal vir até cá! Aí pondero partilhá-la!
Por enquanto, as coisas estão a funcionar ainda a meio gás, ou melhor, estão a funcionar mesmo sem gás, o que quer dizer que me tenho alimentado à custa de comidinha feita na casa de Mamãe ou de Vóvó e aquecida no micro-ondas, ou de saladinhas, o que, em termos práticos, quer dizer que o gás não está a fazer assim tanta falta. É chato por causa dos banhos, mas sempre se tem a casa de Vóvó, e o tempo também não está assim tão frio. Pior era sem água.
Et bien, este batido teve como objectivo duas coisas: estrear uma coisita gira que recebi da Maf, Jorgix e Petit Gaby, e acabar com umas frutas do pomarzito dos meus avós que estavam a querer dar de si ali na fruteira.
Logo, agarrei na fruta, meti dentro da máquina, diverti-me à maluca com a mistura e o barulho, e depois servi ao jantar!

Apontem, levou:

4 pêssegos
2 ameixas brancas
1 ameixa vermelha

Lavam as frutas, tiram a casca e os caroços, cortam em pedaços, metem na liquidificadora, carregam no botão, e voilá!
Sumo fresquinho e delicioso! Completamente saudável e biológico!
Ainda tive tentações de meter uma laranja ou duas lá para dentro, mas fica para outra vez!

PS, perdoem-me os puristas, mas tive mesmo de usar o jarrinho da sangria. Foi por uma causa nobre!
PS2, e nem imaginam o cheiro a bolos que é aqui na praceta, de manhã! É que há ali uma pastelaria de fabrico próprio... Huuuummm, tão bom!

2 comentários:

Mary disse...

Belo batido! hehehe:)
Marta, todos podem participar no passatempo culinário, está aberto à blogosfera! Bem-vinda e até dia 13/09! Bjókas roxas*****:)

marta disse...

Obrigada!

Roxas e inspiradas!
Até!